Conheça dez cuidados para fazer compra de lote com segurança

Analisar o crescimento da vizinhança, o comércio, transporte público são fatores para se avaliar antes da compra

Analisar o crescimento da vizinhança, o comércio, transporte público, o acesso para a região, a qualidade das construções do entorno são fatores para se avaliar antes da compra

O baixo custo de manutenção, a maior valorização com o passar dos anos e a estabilidade tem feito com que o lote se torne uma das principais formas de investimento, seja para moradia ou como uma alternativa de renda.

Porém a decisão de compra deve ser amparada por cuidados básicos para evitar problemas futuros. Confira as 10 dicas para adquirir um terreno com segurança.

Principais cuidados na hora de fazer compra de lote:

1° – O primeiro passo é verificar o histórico da empresa responsável pelo loteamento, pedir referências sobre os loteamentos lançados anteriormente e visitá-los.

2° – Escolher um bom empreendimento também significa verificar quais serviços essenciais estarão instalados, quem irá administrá-los e se o loteamento é fechado ou aberto.

  Visitas são necessárias para conhecer a infraestrutura do loteamento

3° – Visitar o local onde se deseja adquirir um lote é fundamental para conhecer a infraestrutura das ruas, iluminação, segurança e verificar a demarcação dos lotes.

4° – Confira no Registro de Imóveis o registro do loteamento, as licenças e a aprovação do projeto. É recomendável também verificar informações junto aos órgãos ambientais e prestadores de serviços públicos de água e luz. Sobre a obra, deve-se buscar a Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (AELO), que confere um “Selo de Regularidade de Aprovação” às obras regulares.

5° – Consulte o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) para verificar sobre a idoneidade da empresa corretora.

 Duvide dos terrenos anunciados com preços baixíssimos

6° – Loteamentos irregulares não se preocupam muito com o futuro de seus recebimentos. Por isso, antes de concluir o negócio, deve-se verificar quem financia o parcelamento e qual documentação é exigida.

7° – Para efetuar o pagamento, o consumidor deve dar a entrada ou sinal com cheque nominal à empresa, além de exigir um recibo de sinal e um contrato que descreva de forma detalhada o empreendimento.

8° – É necessário olhar com atenção a documentação do lote. Caso o lote seja irregular a documentação irá denunciar se ele está instalado próximo a áreas de mananciais ou de proteção ambiental.

9° – Duvide dos preços baixíssimos, isso pode significar que o terreno está sendo colocado em nome de uma associação de moradores e uma quota irregular vendida.

10° – Uma das principais prioridades é verificar a matrícula individual do lote, que garante ao proprietário que aquilo não é fruto de uma ocupação irregular. Essa conferência pode evitar 95% dos problemas que podem ser descobertos com a compra de terrenos.

 

Fonte: Revista do ZAP

Quer receber mais dicas como essas? Cadastre-se abaixo e fique por dentro de tudo o que está rolando no mercado imobiliário.